Começando com doações espontâneas de volumes pela sociedade, e com o intuito de compartilhar e facilitar o acesso de jovens petropolitanos à literatura e aos meios de se produzi-la, a Biblioteca ficava disponível às quintas-feiras na “Roda Cultural do CDC”. Essa iniciativa tomou tal força que em 2013 foi contemplada pelo Edital de Apoio a Bibliotecas Comunitárias e Pontos de Leitura do SNBP, aumentando assim o acervo da Biblioteca para aproximadamente 300 volumes, e aumentando o número de Saraus produzidos pela Nação Hip Hop.